Felipe F Falcão

Textos


 
Como eu te amei
Como fui tolo, admito
Machuquei seu coração
Não te tratei como deveria
 
Só agora eu compreendi
Não te tratei com compaixão...
Não dei valor ao seu sentimento
Não vi o quanto você era especial
 
Mas quero reparar meu erro
Quero te fazer feliz como nunca fiz
Amar-te como deveria ter amado
 
Cobrir de flores o caminho por onde você for
Provar-te que fui um tolo por não a ter feito feliz
Por ter-te negado o meu coração,
Mas, eu ainda te amo tanto...



 
NOTA AOS AMIGOS E LEITORES:
Estive ausente nos últimos dois meses por motivo de saúde... agora estou de volta, logo retomarei a sequência de O CANINDE O INDIO QUE NEGOU O TEMPERO.
Felipe F Falcão
Enviado por Felipe F Falcão em 23/05/2017
Alterado em 23/05/2017
Copyright © 2017. Todos os direitos reservados.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.


Comentários

Site do Escritor criado por Recanto das Letras