Felipe F Falcão

Textos


Já tive me do amor.
Já amei, me machuquei
Não fui correspondido,

ferido, me escondi...
Fui covarde, tive medo..
Não lhe confessei meu amor

Hoje vivo assim,
Um ser triste, sem amor
Vou vivendo por viver

Queria eu que a vida,
Que o amor, que você me desse uma chance
de declamar o tudo que sinto

Ha este amor que me arde na alma
Que tanto me faz Sofrer...
De tanto amor que sinto por você

Daria tudo na vida,
Só para contemplar seu riso
Dizer ao mundo o quanto amo você


Nota ao leitor: texto acima foi Inspirado no belíssimo poema MEDO da poetisa Lena Lustosa. para lisitá-la click lo no tiluito a frentere: Medo.




 
NOTA AO LEITOR: Se você ainda não leu o s capitulos 34,35 da sere de contos SIMPLES ASSIM...  basta clicar no link a frente: SIMPLES ASSIM - Capitulo 35-36 (Série Contos romance -Parte III- Vale a pena tentar)
 
Felipe F Falcão
Enviado por Felipe F Falcão em 08/05/2018
Alterado em 08/05/2018
Copyright © 2018. Todos os direitos reservados.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.


Comentários

Site do Escritor criado por Recanto das Letras